O vertiginoso peso dos relacionamentos

sábado, 5 de maio de 2012 Postado por Lindiberg de Oliveira

É evidente que algumas vezes os modos como os outros nos tratam podem ser traçados de volta a nós mesmos. Algumas vezes as pessoas acham necessário se afastar de nós porque entendem que não estamos dando a devida atenção a elas; outras vezes se afastam porque entendem o oposto, que estamos exigindo demasiada atenção delas. (...) Algumas pessoas você vai perder, outras você vai ter para sempre, outras vai recuperar de um modo inteiramente diferente…

Paulo Brabo, denunciando meus relacionamentos, em